Resumo da Novela Lágrimas de Amor - dia 09 a 13 de Janeiro

|

Novela Lágrimas de Amor - www.resumodenovelas.net
Resumo da Novela Lágrimas de Amor - SBT - 17h

Confira o Resumo das Novelas do SBT. A emissora disponibilizou os Próximos Capítulos da Novela "Lágrimas de Amor" do dia 09 a 13 de Janeiro de 2017. Fique por dentro dos principais acontecimentos da última semana...

Segunda-feira, 09/01/2017 - cap. 71

Raul se apresenta diante do juiz Corona, que diz ser uma pessoa restrita e apegada à lei. Raul diz que saiu do escritório Ancira por também ser uma pessoa da lei. O juiz Corona pede a Regina seu número de telefone para que falem mais tarde e ele possa a convidar para sair. Julieta diz a Apolinário que apoiará Lucero em sua decisão de casar-se com Edmundo. Patrício dá á Flor seu endereço e a diz que Marrufo irá ajudá-los a destruir Rômulo. Patrício diz a Flor que vai ver sua filha, pois deseja tê-la em seus braços. Mercedes diz a Olga que quando ela nasceu Rômulo também a rejeitou por ser mulher. Olga se nega a acreditar. No escritório Ancira, Marco diz a Rômulo que viu Patrício com o juiz Marrufo.

Rômulo se enfurece e pergunta onde os viu. Raul e Norma chegam à casa de Flor, que pergunta sobre o paradeiro de Patrício. O doutor diz a Edmundo que no dia de seu julgamento fará com que chegue ao juiz uma carta contando o muito que lhe ajudou. Por ordem de Tonho, um larápio agride Edmundo e lhe crava uma navalha. Augusto afirma a Rômulo que bloqueou todos os cartões de Patrício. Na prisão, informam ao juiz Corona que Edmundo foi ferido. Marina diz a Inácio que Carlos já não tem nada mais a ver com Consuelo. Noélia questiona Inácio sobre Marina e lhe diz ser muito ciumenta. O doutor Avalos diz a Mercedes que talvez tenham que internar Olga. Rômulo pede a Marco que supervisione a auditoria que Benjamin está realizando.


Terça-feira, 10/01/2017 - cap. 72

Julieta diz a Regina que se sente bem agora que Apolinário a convidou para trabalhar com ele. Regina afirma que gostaria muito que Julieta e Apolinário encontrassem a felicidade juntos. Raul e Norma pedem a Patrício que ajude na defesa de Edmundo. Rômulo entrega a Olga a ata de divórcio. Ela volta a questioná-lo sobre a origem de Patrício. Rômulo finge ofender-se e exige desculpas. Olga pede que ele fique vivendo com ela para evitar que Mercedes a chateie. Na casa de Julieta, esta diz a Regina estar apaixonada por Apolinário. Regina recebe uma ligação do presídio informando do ataque sofrido por Edmundo. Raul recebe uma ligação do presídio com a notícia de Edmundo. No hotel, Rômulo pergunta sobre o quarto de Marrufo. Ele entra e dispara contra o juiz. Raul informa Regina que Patrício aceitou ser seu assessor legal na defesa de Edmundo. No hotel, a recepcionista e Patrício encontram Marrufo ensanguentado. Ele confessa a Patrício onde estão os cadáveres de José e seus pais, lhe sussurra algo no ouvido e morre. Um agente pede a Patrício que diga o nome de quem suspeita ter matado Marrufo. Patrício diz que se trata de uma pessoa poderosa. Por telefone, Patrício solicita a Melissa alguns documentos que se encontram no arquivo pessoal de Rômulo. No escritório Ancira, Rômulo confessa a Marco ter matado Marrufo e diz que ele terá que encobri-lo perante a polícia.

No ministério público, Patrício faz uma denúncia contra Rômulo por este ser o autor intelectual do assassinato da família Tinajeros. O juiz Corona diz a Raul que Edmundo tem a autorização para casar-se. Rômulo diz a Flor que se casará com ela. Flor afirma que se seguirem juntos será sob algumas condições, pois ela não deseja perder sua liberdade. Julieta e Apolinário declaram mutuamente seu amor. Marco informa a Rômulo que o cheque que ele deu não tem fundos. Edmundo diz ao doutor que quando sair da prisão não poderá exercer a medicina por um tempo. Rômulo pede a Augusto que o comunique com o gerente do banco onde está sua conta executiva, pois Marco não conseguiu descontar um cheque. Augusto se oferece para, pessoalmente, arrumar essa situação. Benjamin diz a Augusto que fará com que o escritório Ancira se quebre, como fez com a empresa de Isaias. Patrício adverte Flor que Rômulo é um assassino. Na prisão, Edmundo e Lucero se unem em matrimonio. Por telefone, Patrício pede a Mercedes que cuide muito de sua filha, já que Rômulo é um assassino. Augusto entrega a Benjamin alguns boletos de avião. Consuelo e Inácio discutem. Alguns agentes chegam ao escritório Ancira em busca de Rômulo.


Quarta-feira, 11/01/2017 - cap. 73

Lucero diz a Julieta que ama Edmundo. Marina escuta Fidel e Silvestre falando sobre a luta que Inácio fará. Os agentes interrogam Rômulo sobre a morte de Marrufo. Marina e Consuelo dizem a Regina sobre a luta de boxe de Inácio. Na academia, Inácio se dispõe a lutar e se surpreende ao ver Regina entre o público. Regina se altera ao ver Inácio lutando. Apolinário entrega um anel de compromisso a Julieta e a pede em casamento. Ela aceita. Na casa da família Cervantes, Patrício assessora Raul e Marco entra. Marco fala por telefone com Rômulo para informar que Patrício se encontra em sua casa. Consuelo e Noélia brigam por Inácio na plateia, ele se distrai e é acertado por Acero, que o derruba. Inácio leva um golpe na cabeça e cai inconsciente. Patrício pede a Marco que entretenha Patrício até que ele chegue á sua casa. Aurora informa Marco que Raul saiu de casa. Na academia, Matheus informa Regina que Inácio não recobrou os sentidos. Um médico diz a Regina que Inácio sofreu uma lesão cerebral. Rômulo chega alterado a casa de Marco. Aurora pergunta o que ocorreu. Rômulo a aponta uma arma. Aurora expulsa Rômulo de sua casa. No hospital, Matheus se nega a pagar os gastos médicos de Inácio e diz a Noélia que depois do acidente, Inácio já não servirá mais para lutar.

Na mansão, Olga vê Rômulo com uma arma e a tira do pai, dizendo que ele está a deixando muito nervosa. Lucero conta Edmundo sobre o acidente de Inácio. Edmundo se altera e Raul o tranquiliza para que possa começar a audiência. Olga diz a Rômulo que sente a falta de Regina. Uma enfermeira pergunta a Regina se ela cobrirá os gastos do hospital, já que Matheus se esquivou da responsabilidade. Regina responde que cobrirá. A enfermeira informa Rômulo que o doutor Ávalos está considerando internar Olga em uma clínica de repouso. O juiz Corona marca outra audiência. Raul diz a Edmundo que seu caso caminha bem. Um agente informa Patrício que gerará uma ordem de prisão contra Rômulo. Marco informa Rômulo das irregularidades com as contas bancárias, Rômulo pede a Melissa que localize Benjamin. Consuelo oferece a Regina pagar os gastos do hospital. Raul diz a Edmundo que precisam de uma testemunha. Ele responde que Zaida é a única que sabe das coisas, mas que não sabe onde localizá-la. Na mansão Ancira, Olga aceita internar-se em uma clínica psiquiátrica. Alguns agentes chegam para deter Rômulo.


Quinta-feira, 12/01/2017 - cap. 74

Os agentes informam a Olga que José e sua família foram assassinados cinco anos atrás, Olga não compreende a informação, se altera e reclama com os agentes. Rômulo aproveita a confusão e escapa. Fora da residência Chavero, Patrício se preocupa ao ver que os agentes não saíram com Rômulo. Por rádio, os agentes informam que Rômulo escapou e pedem reforços. Olga se dá conta que por toda vida viveu sendo enganada por Rômulo. Rômulo pede a Marco que lhe consiga uma ajuda. Marco fala por telefone com um juiz. Aurora lhe toma o telefone. Eles discutem e decidem terminar seu casamento. Marco volta a se comunicar com o juiz. Julieta diz a Regina que o juiz Corona é quem está cuidando do caso de Edmundo. Olga, desesperada, quebra um espelho com as próprias mãos e fica sangrando. Consuelo lê uma revista para Inácio e pede que ele desperte. Ela o beija e Inácio move um dedo. Consuelo se alegra ao ver Inácio despertar. Marco informa Rômulo que não conseguiu apoio. Aurora expulsa Marco de sua casa. Na casa de Flor, Rômulo busca abrigo. Flor ouve pela televisão que estão procurando Rômulo. Ele a surpreende e Flor grita por ajuda. Rômulo cobre o rosto de Flor com uma almofada e a asfixia até que ela perca os sentidos.

O advogado Torijas diz a Tonho que deveria eliminar Edmundo se quer que o ajudem. Na casa Chavero, Consuelo e Inácio se reconciliam. Edmundo diz a Regina que a única testemunha que pode ajudá-lo é Zaida. No pátio da prisão, Tonho pensa em cravar uma navalha em Edmundo. Eles brigam e caem no chão. Durante a briga Tonho acaba ferindo a si mesmo e o doutor chega para ajudá-lo. No escritório Ancira, Marco encontra um documento sobre a transferência de dinheiro de uma conta do escritório para uma no estrangeiro. Em nome de Augusto e Benjamin. Na enfermaria do presídio, Edmundo pede a Tonho que diga a verdade. Tonho se nega e morre. Em uma cafeteria, Augusto informa Rômulo que o escritório Ancira foi fechado. Augusto corre e Rômulo atira nele a distância. Mercedes diz a Érica querer que Regina seja madrinha da filha de Olga. Edmundo diz a Lucero que a única pessoa que pode ajudá-lo é Zaida, mas ela está desaparecida. No aeroporto, alguns agentes e Marco detém Benjamin e Augusto pelos desvios nas contas do escritório Ancira. Patrício pede a Raul que se cuide e adverte Regina e o restante da família que também o faça, já que Rômulo é um assassino perigoso. Regina encontra em seu celular uma mensagem de voz de Patrício.


Sexta-feira, 13/01/2017 - cap. 75

Patrício deixa a Raul um bilhete de despedida. Regina entrega ao juiz Corona a carteira que guardou por mais de vinte anos. Regina conta ao juiz Corona tudo o que ocorreu quando encontrou a carteira e o agradece. Regina comenta com Edmundo que o juiz Corona é o homem que perdeu a carteira que acharam antes de chegarem a capital. Em sua casa, Flor diz a um repórter sobre a tentativa de assassinato que sofreu por parte de Rômulo. Patrício esquece o celular no banco de uma igreja. Regina entra em uma igreja para rezar. Patrício volta em busca de seu celular e se encontra com Regina. FIM

Resumo das Novelas. Próximos Capítulos da novela "Lágrimas de Amor".

0 comentários :

Postar um comentário

 

©2007 - 2017 Resumo de Novelas.net | Direitos reservados Google+