Resumo da Novela A Terra Prometida - dia 17 a 21 de Outubro

|

Novela A Terra Prometida - www.resumodenovelas.net
Resumo da Novela A Terra Prometida - RECORD - 20h30

Confira o Resumo das Novelas da Record. A emissora disponibilizou os Próximos Capítulos da Novela "A Terra Prometida" do dia 17 a 21 de Outubro de 2016. Fique por dentro dos principais acontecimentos da semana...

Segunda-feira, 17/10/2016 - cap. 75

O exército hebreu segue dando a última volta ao redor da cidade. Kalesi vê Merodaque pedindo ajuda aos deuses e humilha o feiticeiro. Do alto das muralhas, Tibar grita provocando os hebreus. Salmon pede para Iru esperar o momento certo para a invasão. Kalesi diz que Marek a terá para sempre ao seu lado. Aflitas, as mulheres hebreias aguardam no acampamento. Em conversa com Zuma, Tobias avisa que o exército de Israel está chegando. Orias se livra da corda vermelha que Raabe pendurou na janela. Josué avisa que só falta a última volta em volta da cidade. Raabe se desespera ao saber que seu pai jogou a corda vermelha fora. Ela avisa que esta era a única maneira de serem salvos pelos hebreus. A meretriz sai de casa e consegue encontrar a corda. Josué diz que a família de Raabe serão os únicos cananeus poupados. Marek chama Tibar e mostra preocupação. O comandante então decide libertar Sandor da masmorra. Enquanto rodeia Jericó com os hebreus, Acã se afasta do grupo e vai até o palácio para falar com Tibar. O traidor pede mais ouro ao comandante e avisa que Raabe foi quem ajudou os espiões hebreus. Enfurecido, Tibar avisa que matará a prostituta.

Nas ruas da cidade, o povo reclama da falta de comida. A cavalo, Sandor vai até o esconderijo onde estava Raabe, mas não a encontra. O guerreiro vai até a casa da meretriz e avisa sobre o perigo que ela está correndo. Tibar descobre que Raabe fugiu do esconderijo e sai a sua procura. Ele consegue avistar sua amada no meio da multidão e arremessa uma lança para matá-la. O comandante se desespera ao notar que matou Sandor. Calebe diz que a última volta está completa e Josué avisa que chegou a hora da invasão. O líder manda os sacerdotes tocarem as trombetas. Os hebreus gritam puxando um forte brado de guerra. Consternado, Tibar abraça o corpo de Sandor. Marek e Kalesi se preocupam com o barulho feito pelo Exército de Israel. Farduk pede proteção aos deuses. Sem sucesso, Kadmo ordena que os soldados cananeus atirem flechas na direção dos hebreus. Nobá e Milah se iluminam ao ver Raabe chegar em casa. Emocionado, Salmon avista a muralha começar a tremer.

Algumas pedras começam a cair. Uma enorme rachadura se abre e os hebreus assistem, impressionados, ao milagre de Deus. O chão começa a trincar abrindo fendas cada vez maiores. Alguns soldados cananeus caem nas fendas e morrem. Os oficiais do rei se apavoram. Os sacerdotes levitas continuam tocando as trombetas. Os guerreiros hebreus gritam balançando os escudos, lanças e espadas. Josué avista o Soldado Mascarado se afastando ao longe. Marek diz não acreditar no que está acontecendo. Kadmo vê Tibar paralisado ao lado do corpo de Sandor e chama o general para o combate. Uma grande nuvem de poeira começa a subir e alguns soldados cananeus tentam se salvar sem êxito. Um pequeno ponto da enorme muralha fica em pé, sob um facho de luz, como uma torre em meio à completa destruição. É a casa de Raabe.

Apresentando sinais de loucura, Marek ordena que ninguém deixe a sala do trono. Merodaque pede ajuda aos deuses de Jericó, mas acaba morrendo soterrado no templo do palácio. Zuma e Tobias conseguem escapar da masmorra. As imponentes muralhas desabam inteiramente. Apenas a casa de Raabe, com uma corda vermelha na janela, se mantém de pé como uma torre em meio à completa destruição. Emocionado, Josué assiste ao desfecho do desabamento milagroso. Com a mente perturbada, Marek não acredita no que está acontecendo e diz que as muralhas são invencíveis. Liderando o Exército de Israel, Josué entra na cidade coberto de poeira, mas imponente, segurando sua espada.


Terça-feira, 18/10/2016 - cap. 76

Calebe e Josué entram no reino de Jericó liderando o Exército de Israel. O povo cananeu tenta fugir desesperado. Os soldados hebreus perseguem a todos os inimigos. Os guerreiros de Israel lutam com os cananeus. Maquir coloca fogo em uma casa cananeia. Acã chama Gibar e Melquias para entrar no palácio em busca de ouro. Kadmo luta contra Iru e leva a pior. O oficial cananeu cai no chão ferido. Orias diz que não permanecerá dentro de casa à espera dos hebreus. O sapateiro se assusta ao abrir a porta e ver que só sua casa permanece de pé. Os líderes tribais e os outros guerreiros hebreus seguem lutando contra os cananeus. Quemuel se emociona ao reencontrar Tobias. Josué estranha ao notar que Acã e os filhos chegaram primeiro à porta do palácio. Os guerreiros hebreus começam a destruir o portão de entrada do palácio real. O exército de Israel finalmente invade o palácio. Maquir mata Grok. Josué ordena que seus homens se separem para encontrar os reis. Marek se recusa a abandonar o trono e Kalesi o arrasta para fora da sala.

Alguns soldados cananeus fazem a escolta dos reis pelo corredor do palácio. Josué e Calebe chegam na sala do trono e não encontram os reis. Kalesi dá um tapa no rosto de Marek para fazê-lo cair na real. A rainha das serpentes manda o rei se esconder e avisa que tentará negociar com os invasores hebreus. Acã e os filhos encontram as riquezas do palácio. Salmon flagra os vilões no corredor carregando algumas sacolas. Nas ruas da cidade, os guerreiros hebreus enfrentam os soldados cananeus. Tibar vê Kadmo no chão ferido e se vinga do soldado. O comandante impede a respiração de Kadmo, que morre. Acã desconversa e Salmon não desconfia da atitude do vilão. O guerreiro chama Melquias para ir atrás de Raabe. Tibar chega até a casa da prostituta e começa a subir as escadas. Raabe e sua família se desesperam ao se depararem com o comandante. Salmon e Melquias lutam com inimigos a caminho da casa da meretriz. Tibar ameaça matar Nobá. Salmon e Melquias correm para a casa de Raabe. Eles chegam a tempo. Melquias corre para lutar com o comandante, mas leva a pior na luta contra Tibar. Salmon corre para enfrentar o general.

Josué e Calebe chegam no quarto da realeza e encontram com Kalesi. A rainha oferece ouro aos hebreus. Josué se recusa a receber qualquer riqueza e avisa que precisará cumprir a ordem de Deus. Salmon luta com Tibar e consegue golpear o comandante. Com uma espada cravada no ventre, Tibar cambaleia e cai do alto da casa de Raabe. Ele cai morto sobre um objeto pontudo que atravessa seu corpo. Salmon tranquiliza Raabe. Melquias desperta sem saber o que aconteceu. Kalesi tenta negociar com Josué. Marek sai como um louco do esconderijo e corre para atacar o líder hebreu. Josué é mais rápido e consegue golpear o rei com sua espada. Kalesi se desespera ao ver o marido morto. A rainha sobe na beirada do tanque das serpentes e ameaça os invasores. As cobras começam a subir pelas paredes do tanque e Kalesi começa a gargalhar enlouquecida.
Zaqueu atira uma flechada certeira na rainha das serpentes, que cai no interior do tanque e é devorada pelas cobras. Tobias abraça Quemuel aliviado. Os hebreus gritam vibrando com a conquista da cidade de Jericó, que está destruída. O Exército de Israel toma as ruas do reino. Salmon e Melquias amparam a família de Raabe. Josué discursa para seu povo e agradece a Deus pelo êxito da missão. O imenso exército hebreu vai abandonando a cidade em direção às campinas de Canaã. Preocupado, Yusuf observa o movimento dos guerreiros de Israel se retirando da cidade vitoriosos. Josué encontra o Soldado Macarado. O guerreiro misterioso finalmente revela sua verdadeira identidade.


Quarta-feira, 19/10/2016 - cap. 77

Josué encontra o Soldado Macarado. O guerreiro misterioso finalmente revela sua verdadeira identidade. Josué diz admirar sua coragem. Ansiosas, as mulheres hebreias aguardam por notícias da invasão à Jericó. Escondidos nos cestos de mercadores, os Lagartos seguem na direção do reino de Ai. Kalu reconhece que foi abandonado por Nobá. A família de Raabe segue com Salmon em direção ao acampamento hebreu. Zuma e Tobias também seguem com Quemuel. Aruna chega na tenda onde estão as mulheres hebreias. Lila entra correndo e avisa que os guerreiros estão regressando. Darda corre para ajudar os feridos. Léia se apressa para encontrar o filho. Acsa e Noemi se abraçam a Calebe e Iru. As mulheres hebreias vão encontrando seus maridos e parentes. Acã chama os filhos para esconder o tesouro roubado. Jéssica procura por Salmon. Ruth encontra Boã, que também abraça Sama.
Inês parabeniza Josué pela vitória. Samara pede para dar um abraço em Josué, que recusa. Ele e Aruna trocam um olhar. Os guerreiros entregam as riquezas capturadas em Jericó para Eleazar e os outros sacerdotes. No reino de Ai, Yussuf fala sobre a destruição de Jericó provocada pelo Exército de Israel. Durgal fica triste ao saber que Kalesi está morta. O rei diz que o reino de Ai corre perigo e grita descompensado. Acã, Gibar e Melquias cavam um buraco no interior da própria tenda para esconder o tesouro roubado.

Aruna conversa com Ioná e diz que revelou seu último segredo a Josué. Samara e Aruna ajudam Darda a cuidar dos feridos. Machucado, Jesana chega na tenda hospital e recebe os cuidados de Chaia. Salmon apresenta a família de Raabe à Lila. Calebe fala sobre a aparição do Soldado Mascarado e Josué desconversa. Emocionada, Léia reencontra Tobias. Jéssica fica aliviada ao rever Elias. Tobias se emociona ao receber os cuidados de Léia. Kamir tenta tranquilizar Durgal e diz que o protegerá. Tobias conta sobre as aventuras que viveu em Jericó. Kamir confabula com Yussuf e diz que será um prazer ter o oficial como genro. Melina, a filha de Kamir, treina atirando flechas na companhia da serva Najara. Ula elogia o desempenho da filha Melina em diversas atividades. Kamir avisa que Durgal deseja fazer uma caçada humana. Zaqueu recebe cuidados de Chaia. Aruna e Samara seguem ajudando na tenda hospital. Jéssica estranha o sumido de seu amado. Salmon avisa à Lila que a família de Raabe se hospedará em sua tenda. Aruna e Samara reencontram Tobias. Raabe agradece a ajuda de Salmon. Durgal pede para Arauto cantar para lhe ajudar a dormir. Jéssica vai até a tenda de Salmon. Ela se surpreende ao notar a presença de Raabe.


Quinta-feira, 20/10/2016 - cap. 78

Jéssica questiona a presença de Raabe na tenda de Salmon e ele explica que ela é a cananeia que o salvou. Jéssica faz questão de reforçar que ele é seu noivo, e Salmon explica que Raabe e sua família ficarão hospedados em sua tenda até arrumarem outro lugar. Raabe sem graça. Quemuel conta sobre a queda das muralhas. Léia se entristece e desata a chorar, diz que seu filho ficará marcado para sempre. Boã chama atenção de Ruth por ela ter o abraçado diante de todos, e antes de Sama. Ruth, teatral, pede perdão a ele e a amiga. Sama, humilde, diz que também já foi jovem, e está tudo bem. Ruth agradece, também humilde, mas quando se retira, revela sua cara de desagrado. O lagartinho entra em uma hospedaria e começa a pedir comida aos clientes. Zaíra, dona do local, se aproxima do menino, maternal, e diz que vai lhe arrumar um prato quentinho de comida. Jéssica, falsa, diz à Raabe que elas serão grandes amigas, e que faz questão de ajudar em tudo que puder. Raabe fica agradecida e diz que se apressará em conseguir uma tenda para sua família. Quando Raabe se retira, Jéssica muda de postura e pergunta a Salmon se não tinha outro lugar para levar os cananeus.
Zaíra olha o lagartinho comer, satisfeita. Ele diz que seus amigos estão na rua com frio e fome, e ela logo se prontifica a ajuda-los também.

Entram os lagartos gosmentos e ela fica mais animada, diz que vai preparar mais comida. Todos ficam felizes pela hospitalidade dela. Ao canto, um par de corvos está em uma gaiola. Raabe, triste, diz a sua mãe que Salmon tem uma noiva. Milah pede que a filha não alimente esperanças e ela disfarça, diz que só é grata por tudo que ele fez. Livana diz a Rune que não acha justo que ele assuma seu filho e ele diz que a ama, e que não vai abrir mão dela. Os meninos acabam de comer e Kalu agradece em nome de todos, e diz que eles já vão embora. Zaíra, carinhosa, diz que não vai deixar que eles voltem para o frio das ruas. Todos comemoram, mas Kalu fica desconfiado. No templo de Ai, os sacerdotes fazem um ritual. Kamir, o prefeito, chega e pede para consultar Ravena, a feiticeira, a sós. Os sacerdotes fazem um círculo e no meio dele surge uma labareda, por onde Ravena aparece, misteriosa e impassível. Kamir pergunta se eles devem se preocupar com a ameaça dos hebreus e ela entra em transe para consultar ao deus Dagon. As imagens das muralhas caindo aparecem diante deles e Kamir fica impressionado, diz que os hebreus são realmente poderosos.

Jéssica diz que eles não podem confiar nos cananeus, ainda mais em uma prostituta. Salmon, firme, diz que o passado deles não os interessa e não importa mais, pois eles decidiram deixar tudo para trás, e seguirem ao Deus de Israel. Jéssica pergunta se ele está interessado em Raabe e ele diz que não, e pede para ficar sozinho, pois está cansado da guerra. Jéssica sai chorosa e magoada. Kalu diz que, agora que eles se fartaram de tanto comer, devem ir embora, pois o lugar dos lagartos é na rua. Ninguém concorda, e todos se aconchegam nas camas. Kalu fica frustrado. Ravena diz que os deuses não lhe deram nenhuma resposta, e isso nunca aconteceu. Kamir fica preocupado. Ela entra em transe mais uma vez e diz que eles terão outro rei. Kamir fica interessado. Josué chega a tenda de Quemuel e conhece Zuma, que se apresenta, humilde, e Josué pede que ele passe em sua tenda mais tarde, pois está ali porque precisa falar a sós com Tobias. Josué agradece Tobias pela bravura, e pede que ele esteja presente na homenagem que fará aos soldados. Tobias diz que não quer aparecer diante de todos com o rosto deformado, e diz que preferia ter morrido. Josué diz que se Deus o conservou com vida, tem planos para ele. Tobias diz que vai pensar.

Samara, fazendo-se de boazinha, diz à Aruna que ela deve deixar a ilusão de lado sobre Josué, pois eles não são adequados um para o outro. Aruna a olha firme, incomodada, e pergunta se ele é mais adequado para ela. Samara se faz de sonsa e diz que não foi o que ela quis dizer. Elas são interrompidas por Léia chamando. Josué se despede da família de Quemuel e diz à Aruna que não esqueceu o assunto deles, e que assim que possível eles vão conversar. Léia e Samara ficam intrigadas. Aruna dá capim para a vaca e conversa com o animal. Ela diz que ama tanto Josué, e que espera que ele a aceite de volta. Raabe pede desculpas pelo constrangimento que causou diante da noiva de Salmon, e ele diz que eles foram noivos, mas agora só estão namorando. Jéssica diz que não se conforma com a cananeia hospedada na casa de Salmon. Acsa aconselha a amiga a segurar o ciúmes e a trata-lo muito bem, para que ele não tenha olhos para outra mulher. Zuma conversa com Josué, Eleazar e Calebe. Ele conta como foi pego escravo, e tudo que passou como prisioneiro. Josué diz que ele é bem-vindo em Gilgal e Zuma diz que a fé de Uzi o inspirou, e ele fez um voto que só serviria ao Deus dos hebreus dali em diante.

Kamir conta a Ula que o fogo sagrado revelou que em breve o reino de Ai terá um novo rei. Ela, preocupada, diz que para ele ser rei, seu irmão terá que morrer. O prefeito fica impassível. Ula pede que o marido não confie em Ravena, e não queira o poder a qualquer custo, mas ele a ignora. Chaia diz à mãe que vai visitar Tobias e ela fica preocupada. Chaia diz que eles sempre foram amigos e precisa conforta-lo nesse momento difícil. Salmon leva Raabe e sua família para serem apresentados a Josué, que os recebe com Eleazar e Calebe. Josué diz que todos ali admiram a bravura de Raabe, e pede que ela e sua família se sintam em casa em Gilgal. Raabe pergunta como pode fazer para se tornar uma hebreia, como eles, e Eleazar diz que ele e sua esposa terão o prazer de recebê-los em sua tenda para explicarem sobre os mandamentos de Deus. Léia diz a Tobias que Chaia quer vê-lo. Ele reage forte e lembra do momento em que se declarou à moça. Tobias pede que a mande embora, pois não quer que ela o veja com o rosto deformado. Durgal insiste para que Kamir conte o que está preparando de diferente para entreter o rei e o prefeito por fim revela: Uma caçada humana.


Sexta-feira, 21/10/2016 - cap. 79

Kamir diz a Durgal que ele poderá caçar qualquer homem do povo e que fará a seleção. O rei bate o olho em Arauto que está encolhido no chão. Ele diz para Kamir colocar duas presas ao invés de uma. O prefeito de Ai gosta da ideia. Durgal diz que já escolheu um dos homens que terá que correr das flechadas e aponta para Arauto. Ele diz para Kamir ir atrás da outra presa. Rafi, um artesão, termina de confeccionar um cesto e diz para Tiléia, sua esposa e Kira, sua a filha, que vai sair para vender todos os cestos e vai voltar com muito alimento para a família. Samara diz à Chaia que adorou ajudar os feridos. Léia aparece e fala para Chaia que Tobias não quer vê-la porque ainda está muito abalado e ferido. Kamir e Yussuf entram na hospedaria, acompanhados de dois soldados de Ai. Kamir pede para Yussuf colocar um saco de ouro em cima de alguma mesa e esperar que a presa apareça. Laila diz a Elidade para realizar o casamento de Rune e Livana o quanto antes.
Um morador de Ai pega o saquinho de ouro e logo é cercado pelos dois soldados. Kamir pede que o morador devolva o saquinho porque não lhe pertence. O morador pede desculpa e Kamir diz para ele ir embora.

Kamir pede que Yussuf coloque outro saquinho de ouro em cima da mesa e espera que outra presa mais interessante apareça. Livana, chorosa, com Jéssica, diz que não ama Rune. Jéssica diz que mesmo amando Salmon não tem tanta certeza que se casará com ele e conta que desde que Salmon voltou de Jericó ele ficou interessado em uma tal de Raabe. Elias aparece e fica surpreso com o que ouviu e pergunta se tem outra mulher morando na tenda de Salmon. Raabe está nervosa porque vai ser apresentada para Josué e toda a congregação. Jéssica fala para o pai que Salmon está sendo apenas generoso e Elias acredita na filha, mas pede que fique atenta. Kamir e Yussuf comem enquanto Rafi aparece para vender seus cestos. Kamir pergunta se Rafi quer ganhar algum dinheiro e pede que ele fique sentado ali na outra mesa. Rufi avisa à Zaíra que alguém tinha esquecido aquele ouro ali. E neste momento Kamir decide que encontrou a outra presa e pede que os soldados prendam Rafi, que fica apavorado. O carcereiro abre uma cela onde está Arauto e jogam Rafi ali. Kamir diz para Rafi que ele deveria ter tirado vantagem da situação e por este motivo será uma das presas da caçada humana. Tobias anda de um lado para o outro, como um animal enjaulado quando entra Quemuel.

Tobias pede para falar com Setur pois só ele pode ajudá-lo. Na tenda de Calebe, ele reúne a família para dar boas-vindas aos estrangeiros. Josué diz a todos na tenda de reunião que a aliança de Deus com o povo foi mais uma vez confirmada com vitória sobre as muralhas de Jericó. Arauto começa a conversar com Rafi e diz que ali naquele lugar não precisa fazer nada para ser punido. Tiléia fica preocupada com a demora de Rafi. Tobias pede para Setur uma máscara de ferro para cobrir as cicatrizes. Setur sugere uma máscara de couro. Tiléia e Kira saem pelas ruas à procura de Rafi. Elas entram na hospedaria de Zaíra e perguntam sobre o vendedor de cesto. Zaíra revela que os soldados prenderam Rafi. Kamir diz a Durgal que já achou a outra presa. Yussuf aparece e diz que a esposa do vendedor de cesto está do lado de fora do palácio. Kamir pede que a deixe entrar. Durgal conta a Tiléia que ele será uma presa e ela diz para fazer o que quiser com ela para poupar o marido. Ela é retirada do palácio, mas Melina fica comovida com Tiléia.

Josué pede para que Zuma fique ao seu lado. Ele conta que Zuma foi um grande rei, conheceu a riqueza e auxiliará muito nas batalhas, além de contribuir muito para o exército de Israel. Iru, enciumado, não gosta do que Josué fala. No palácio, Ravena, sentada no meio do templo, medita de olhos abertos diante da fogueira e diz para Jordi avisar Kamir que não pode vê-lo nas próximas horas. Tobias aparece na tenda das reuniões usando uma máscara de couro. Josué pede que Tobias se aproxime e o elogia pela sua bravura. Todos se aproximam de Tobias para cumprimenta-lo. Em seguida, Josué apresenta Raabe e sua família e diz que eles ajudaram Salmon e Melquias. Josué pede que todos recebam Raabe e sua família de braços e corações abertos. Que os acolham como se fossem de sua própria família. Mara fica desconfiada e Acã diz que Raabe era prostituta em Jericó. Mara se assusta com o que ouve. Ela, indignada, fala para todos que Josué teve coragem de pedir para respeitarem uma prostituta cananeia.

Resumo das Novelas. Próximos Capítulos da novela "A Terra Prometida".

0 comentários :

Postar um comentário

 

©2007 - 2015 Resumo de Novelas.net | Direitos reservados Google+