Resumo da Novela Os Dez Mandamentos - dia 05 a 09 de Outubro

|

Novela Os Dez Mandamentos - www.resumodenovelas.net
Resumo da Novela Os Dez Mandamentos - RECORD - 21h15

Confira o Resumo das Novelas da Record. A emissora disponibilizou os Próximos Capítulos da Novela "Os Dez Mandamentos" do dia 05 a 09 de Outubro de 2015. Fique por dentro dos principais acontecimentos da semana...

Segunda-feira, 05/10/2015 - cap. 141
Nefertari confessa a Paser que ainda ama Moisés

Yunet fica indignada por ter sido condenada à morte e pede para ir a julgamento, mas Ramsés é irredutível. O faraó se desculpa com Nefertari e diz para a rainha que não teve escolha. Ele deixa a esposa sozinha com Paser e os dois conversam. Ela diz para o pai que ouviu a conversa que Yunet teve com ele e decidiu entrega-la ao rei quando escutou as ameaças que fez. Durante a conversa, Nefertari confessa a Paser que ainda ama Moisés e chora emocionada. Judite e Miriã conversam enquanto observam Hur em seu sofrimento pela morte da princesa Henutmire. As duas se despedem e Miriã vai ao encontro do amado. Os dois conversam e ele diz que sente falta da princesa.

Miriã não consegue esconder a mágoa que ainda sente por Hur e ele se desculpa pelo passado dizendo que jamais quis magoá-la. Corá pergunta para Arão como será a nova praga. Desconfiado de que foi Apuki quem mandou Corá perguntar, o hebreu vai até o feitor e diz que Deus irá enviar uma intensa chuva de pedras e fogo, deixando todos ao redor surpresos. Arão diz que quem estiver desprotegido irá morrer e diz para Apuki proteger a sua família. Ikeni da ordens para outros oficiais e pede para ficarem atentos pois uma nova praga deve atingir o Egito.

Yunet é levada para prisão e deixa Ikeni intrigado. Paser diz para Simut que Nefertari contou ao rei sobre a morte de Seti. Moisés lê um trecho do que escreveu para Joquebede e a deixa emocionada. Nefertari conta a Amenhotep sobre a condenação de Yunet e deixa o príncipe espantado com as maldades da avó. Ikeni conta a Bakenmut sobre a prisão de Yunet e deixa o general assustado com medo de que ela possa contar que foi ele quem deu cobertura no assassinato de Seti. Miriã conta a Joquebede que Hur pediu perdão a ela. A hebreia disse que, embora tenha perdoado Hur, ainda sente mágoas.

Joquebede diz para Miriã perdoar Hur com o coração e então ficará mais leve. Bakenmut vai até a cela de Yunet e diz para ela não tentar incriminá-lo. A víbora conta que se ela for executada, ele também será e o deixa aflito. Ela então diz que ele deve ajuda-la a fugir. Arão diz que irá com Moisés para um monte onde irão invocar a nova praga e pede para os filhos se protegerem. Miriã diz para Oseias que Ana está na vila e o deixa empolgado. Ele diz para a tia que em seu coração já perdoou Apuki pela morte de seu pai. Miriã se emociona com as palavras do sobrinho e reflete sobre si mesma.

Zelofeade e Abigail trocam juras de amor e falam sobre o nascimento do filho. Moisés e Oseias vão até a casa de Hur. O libertador conversa com Hur e oferece solidariedade ao seu sofrimento. Oseias entrega o colar que foi de sua mãe para Bezalel arrumar. Apuki diz para Ana, Jairo e Judite que não pisem para fora de casa. Bak diz para Aoliabe que está preocupado com os irmãos, já que a próxima praga pode ser bem perigosa. Nefertari visita Yunet na cela.

A vilã tenta manipular mais uma vez a filha dizendo que pode ajuda-la a conquistar Moisés e surpreende a rainha. Cínicos, Apuki e Jairo brindam à nova praga na Casa de Senet e dizem que o Egito precisa mesmo de um pouco de chuva. Ramsés anuncia que seis hebreus devem ser enforcados, um para cada praga. Paser tenta interceder sobre a decisão do faraó, mas o rei diz que não voltará atrás e ainda diz que um dos hebreus deve ser Joquebede.

Os oficiais vão até a vila e começam a capturar os hebreus para execução. Paser pede a Nefertari para conversar com Ramsés, mas o pedido é ignorado pela rainha. Oficiais entram na casa de Arão e pega Eleazar. Outro oficial vai até a casa de Zelofeade e o captura para também ser executado. Bakenmut enfim vai até a casa de Joquebede e a pega pelo braço dizendo que são ordens do faraó. Moisés tenta interceder pela mãe, mas Bakenmut ignora o pedido. Joquebede pede a Moisés ter fé e continuar seguindo as orientações de Deus.


Terça-feira, 06/10/2015 - cap. 142
Moisés dá início à sétima praga

Moisés sofre ao ver Joquebede sendo levada pelos oficiais egípcios, mas segue firme na sua missão. Zelofeade, Joquebede, Eleazar e mais dois hebreus são levados ao palácio para serem sacrificados. Datã e Safira se espantam ao descobrirem que hebreus estão sendo levados para serem enforcados. Moisés incentiva Arão a seguir com ele. Ramsés brinda com a família comemorando a captura da mãe de Moisés. Ana e Judite se revoltam com os comentários de Apuki e saem de casa. Sofridos, Moisés e Arão seguem para longe da cidade. Oseias, Eliseba e Abigail choram desesperados ao presenciarem Joquebede, Zelofeade e Eleazar seguirem para a forca. Gahiji e Uri decidem verificar o que está acontecendo.

Simut vai até a cela onde está Yunet.
Ele diz que ainda dá tempo da vilã se arrepender, mas a megera não o escuta e grita mandando ele se retirar. Karoma e Radina comentam sobre a decisão do faraó de executar os hebreus. Uri e Gahiji seguem para o local da execução. Meketre e Tais fazem compras no comércio da cidade com os filhos. Ana e Judite chegam ao local do enforcamento. Inês se desesperar ao ver Eleazar prestes a morrer. Nadabe grita pedindo para os soldados soltarem seus familiares. Moisés e Arão continuam caminhando em direção ao monte para invocarem a nova praga. Eliseba implora para Nadabe se acalmar.

Hur critica a atitude do rei. Zelofeade se apavora ao ver Abigail passando mal. Bina, Safira, Datã, Abirão e Corá chegam ao local da execução. Uri vê Leila, Bezalel e Hur e corre para abraça-los. Simut conta para Paser sobre o encontro com Yunet na prisão. Moisés e Arão chegam ao pé do monte. Nefertari se mostra confiante no poder do faraó. Ramsés e Amenhotep rezam para os deuses egípcios. Meketre, Ahmós e Apuki dizem acreditar que as pragas terminaram. Mesmo confiante, Ramsés é cauteloso e pede para Amenhotep não sair do palácio.

Moisés e Arão seguem rumo ao topo do monte. Para a surpresa de Leila, Uri conta que Yunet foi condenada à morte. Mesmo diante de todo desespero, Joquebede mantém a fé em Deus. Ao ouvir Corá e Datã criticarem Moisés, Safira intervém e defende o profeta hebreu. Bakenmut se irrita e agride um dos escravos condenados. Moisés e Arão finalmente chegam ao cume do monte. O escriba real anota as palavras ditas pelo faraó. Apuki grita provocando os hebreus. Os oficiais egípcios se preparam para iniciar as execuções. Do alto do monte, Moisés dá início à sétima praga. O céu fica turvo, as nuvens se movimentam e o tempo começa a fechar. No local da execução, hebreus e egípcios se espantam com a mudança do tempo.

Apuki esbraveja com ódio de Moisés. Bakenmut e Ikeni abandonam o local temerosos. Ikeni decide voltar e tira a corda do pescoço dos hebreus condenados. Joquebede agradece a Deus. Eleazar e Zelofeade desamarram os escravos. Ana se impressiona com o poder de Deus. Oseias diz para ela seguir com Judite para casa. Paser e Simut tentam alertar Ramsés sobre a fúria do Deus dos hebreus, mas o soberano se irrita e esbraveja com o sacerdote e seu assistente. O rei segue para o terraço do palácio e se espanta ao ver explosões no céu. Apavorado, Ramsés consegue notar a figura de Moisés no alto do monte.


Quarta-feira, 07/10/2015 - cap. 143
Todos ficam emocionados com cancelamento da execução dos hebreus

Todos ficam emocionados com o cancelamento da execução dos hebreus. Uri e Gahiji vão até a vila para saber como estavam Leila e Bezalel. Leila pede para Uri e Gahiji ficarem na vila, pois estarão mais protegidos da praga, mas eles decidem voltar ao palácio e a deixa entristecida. Jairo e Apuki encontram com Ana na rua do comércio e a levam para casa. Ikeni avisa Ramsés que abandonou o local onde os hebreus seriam enforcados por conta dos trovões. Arrasado com a chegada de uma nova praga, Ramsés fica ainda mais raivoso. Bakenmut leva roupas para Yunet e ajuda a vilã a fugir do palácio. O céu fica cada vez mais escuro e Joquebede avisa que os hebreus estarão protegidos. Safira fica preocupada com o sumiço de Bina e as crianças, mas é contida por Datã. Eldade passa mal e é socorrido por Miriã.

Todos ficam assustados com as fortes trovoadas. Nefertari fica apavorada com o barulho dos trovões. Amenhotep entra no quarto da rainha muito assustado. Judite se perde de Ana e fica desesperada. Ela se encontra com Tais e a convence de ir para a vila dos hebreus, o único lugar seguro em todo o Egito. Trovões ecoam por toda a terra e rodamoinhos ser forma nos campos. Paser diz a Simut que precisa fazer algo e propõe apelar aos deuses egípcios. Apuki e Jairo saem de casa para procurar Judite e, aflita, Ana também vai para a rua. Yunet consegue fugir do palácio com a ajuda de Bakenmut. Ana vai até a casa de Miriã procurar pela mãe, mas volta para a rua ao saber que ela não estava no local.

Joquebede pega Finéas no colo, feliz por não ter sido enforcada. Tais e Judite chegam em casa e tentam convencer Meketre e levar as crianças para a vila dos hebreus, mas o egípcio não gosta de ideia. Joquebede constata que haviam muitos egípcios nas ruas e conclui que o faraó não alertou o seu povo sobre a praga. Yunet encontra com Corá e pede ajuda para ele. Revoltado com a vilã, o hebreu grita para todos que passam que a assassina da princesa Henutmire está livre. Nervoso, Ramsés diz a Nefertari que não irá ceder. Ana e Oseias se encontram e se abraçam aliviados, mas Ana segue preocupada com Judite.

Chuva de granizo começa a atingir fortemente o solo egípcio. De repente meteoros começam a cair do céu e focos de incêndio se espalham, inclusive no palácio. As casas dos egípcios começam a ser atingidas por bolas de fogo e o desespero se espalha. Ramsés decide ir até o terraço do palácio para saber o que está acontecendo. Nefertari tanta ir atrás dele, mas é impedida pelo faraó. Yunet anda apavorada pelas ruas a procura de um abrigo. Ramsés observa a cidade ser destruída e fica apavorado. Uma pedra cai sobre a perna de Yunet e a deixa ferida.


Quinta-feira, 08/10/2015 - cap. 144
O fogo atinge a fachada da Casa de Senet

Desesperada sob a chuva de granizo, Yunet grita por socorro, mas não é amparada por ninguém. Sem saber o que fazer, Ramsés fica transtornado com a destruição da cidade. Nefertari tenta acalmar o filho Amenhotep. Pedras em chamas caem do céu e camponeses egípcios são atingidos. Em meio à chuva de fogo, Apuki e Jairo correm tentando salvar suas vidas. Ramsés ordena que tragam Moisés e Arão ao palácio. Corá conta para Bina que viu Yunet andando maltrapilha pela cidade. O general Bakenmut ordena que Asheru acompanhe Ikeni na busca por Moisés e Arão. Uri se mostra descrente em Deus. Antes de deixar o palácio, Ikeni se despede de Karoma e Peppy.

Aoliabe proíbe Bak de sair de casa para visitar os irmãos durante a tempestade. Ikeni e Asheru deixam o palácio em busca do libertador e seu irmão. Apuki e Judite se preocupam ao notarem que Ana não está em casa. Oseias, Zelofeade, Leila e outros escravos percebem que o mau tempo não atingiu o céu sobre a Vila dos hebreus. Ikeni, Asheru e outro oficial correm para não serem atingidos. Todos na casa de Arão ficam aliviados e emocionados por Joquebede e Eleazar não terem sido executados.

Ikeni lidera os oficias e eles seguem na missão. Miriã agradece a Deus e pede proteção para os irmãos. Os oficiais egípcios finalmente avistam Moisés e Arão no alto do monte. Ramsés encontra com a esposa e o filho e avisa que mandou chamar Moisés e Arão. Ikeni avisa a Moisés que Joquebede não foi executada. Aliviado, o profeta aceita acompanhar os soldados até o palácio. Eldade se espanta com tanta destruição. Casas são arruinadas enquanto egípcios correm para salvar suas vidas. O fogo atinge a fachada da Casa de Senet. Moisés, Arão e os oficiais caminham de volta ao palácio. Ikeni fica surpreso ao notar que nada atinge os hebreus.


Sexta-feira, 09/10/2015 - cap. 145
O faraó organiza uma incursão à cidade

Moisés e Arão descem do monte e retornam à vila dos hebreus. Corá discute com os filhos e diz para que eles não acreditem nas palavras de Joquebede e Moisés. Bezalel e Leila se mostram preocupados com Uri e os outros amigos do palácio. Ana e Oseias continuam procurando por Judite e se abraçam apaixonados. Ikeni descobre que Yunet saiu da cela e se preocupa com a reação que o faraó terá quando descobrir a fuga. Ikeni avisa Ramsés que Yunet saiu e Paser diz que viu o corpo da vilã na cidade. Ramsés ordena que os corpos dos egípcios nobres sejam embalsamados e os demais enterrados no deserto. Datã teme pela retaliação de Ramsés com o povo hebreu. Ana conta a Apuki que a vila dos hebreus não foi atingida pela tempestade e o deixa surpreso.

Meketre diz a Tais que a cidade está um caos e diz acreditar que talvez o Egito não consiga se recuperar. Preocupado com a filha, Paser conta para a princesa sobre a morte de Yunet. A princesa se revolta dizendo que Moisés salvou a vida de Joquebede e levou a de sua mãe por vingança. Bakenmut diz a Ikeni que Ramsés prometeu a Moisés que libertaria os escravos caso a tempestade terminasse. O faraó organiza uma incursão à cidade para avaliar os estragos e é acompanho pelos generais. Os hebreus temem por uma retaliação dos egípcios. Nadabe, Abiu e Itamar retornar da cidade e dizem aos demais hebreus que o estrago foi muito grande. Moisés e Arão retornam para casa para alívio de toda a família.

Moisés a Arão contam para os hebreus que o faraó decidiu libertá-los deixando todos radiantes. Ramsés e Nefertari conversam e ele diz que não suportaria perder a mulher e o filho. Simut diz a Paser que não quer mais ser sacerdote uma vez que os deuses egípcios não fizeram nada para protegê-los. Miriã compõe uma música em hebraico e surpreende Oseias. Moisés diz para Joquebede que pretende buscar sua família em Midiã. Joquebede diz que sente muito orgulho de Moisés e Arão e deixa o libertador emocionado.

Resumo das Novelas. Próximos Capítulos da novela "Os Dez Mandamentos".

1 Comentário:

Anônimo disse...

A novela OS DEZ MANDAMENTOS é a melhor novela, até hoje, por mim assistida! Desejo, de coração, que ela cumpra com seu objetivo, que é mostrar o poder de DEUS a todos que a assistem! Meu nome é Roseli Mendes Rosa.

Postar um comentário

 

©2007 - 2015 Resumo de Novelas.net | Direitos reservados Google+